Ter, 17 de Set de 2019

Seduc e SASC unem esforços para o sucesso do Criança Feliz

QUA, 21 DE AGOSTO DE 2019 16:01:39

Representando a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o superintendente de Educação Básica, Carlos Alberto Pereira, participou, na manhã desta quarta-feira (21), do II Encontro Estadual Intersetorial do Programa Criança Feliz. O evento aconteceu no Diferencial Buffet, com a participação de representantes dos municípios piauienses que aderiram ao programa.



O encontro tem o objetivo de fortalecer um dos principais pilares de execução do Programa Criança Feliz, a intersetorialidade, e articulação das políticas para mulheres, assistência social, saúde, educação, cultura, pessoas com deficiências e direitos humanos para o desenvolvimento da primeira infância no estado do Piauí.

De acordo com o superintendente Carlos Alberto, a Seduc integra de forma efetiva o Programa Criança Feliz no Estado do Piauí, operacionalizando a política educacional que é um dos pilares fundamentais do PCF, na promoção do desenvolvimento integral da criança. "Somos parceiros nesse evento. O programa visa atender criança de 0 a 6 anos nas suas complexidades. A Seduc se faz presente desde o início do programa e nosso objetivo nesse regime de colaboração que está sendo implantado é de unirmos forças com os municípios na perspectiva de fazer com que a criança desenvolva a suas habilidades e competências. Com seis anos ele ingressa formalmente a escola e dá prosseguimento aos estudos. A Seduc se faz presente porque essa criança tem um ciclo que vai chegar nas séries finais, então se a criança foi bem atendida nós teremos uma criança saudável no Ensino Médio", declarou.

A Seduc conta com dois membros efetivos com representatividade no Comitê Gestor, a pedagoga Anabela Cardoso Freitas e, na equipe de multiplicadores, a pedagoga Lia Sousa, ambas da equipe da Gerência de Educação Infantil e Ensino Fundamental -GEF.

De acordo com o secretário de Assistência Social e Cidadania, José Santana, o Criança Feliz é uma prioridade para o Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. "Estamos todos unidos para trabalharmos pelo desenvolvimento das crianças na primeira infância e direcionamos nossos esforços para atender gestantes, crianças de até três anos e suas famílias beneficiárias do Bolsa Família e crianças de até seis anos beneficiárias", explicou.


Sobre o Programa

O Programa Criança Feliz foi lançado pelo Governo Federal (conforme Decreto 8.869 de 05 de outubro de 2016), e é destinado a crianças beneficiárias do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Seu objetivo é promover o desenvolvimento integral das crianças, fortalecendo as competências da família, para que elas contribuam para a queda do ciclo da pobreza e a redução da violência, a diminuição da evasão escolar, entre outros ganhos sociais.

Atualmente é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), e articula ações das políticas de Assistência Social, Saúde, Educação, Cultura, Direitos Humanos e Direito da Criança e do Adolescente, entre outras.

O Piauí aderiu ao Programa Criança Feliz em 05 de outubro de 2016, tendo sua Coordenação geral na Secretaria de Estado da Assistência Social (SASC), que tem como meta atender aproximadamente 80 mil crianças entre 0 e 3 anos, além de cerca de 18 mil gestantes, conforme dados do MDS.

O Programa Criança Feliz envolve várias políticas públicas voltadas para promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

Autoria: Michele Furtado

Últimas Ver Todas