Seg, 21 de Out de 2019

Sejus e MP discutem parceria para expandir a capacitação nas unidades prisionais

O secretário Carlos Edilson e a promotora Luana Azeredo discutiram projetos voltados à oferta de cursos profissionalizantes aos internos

QUI, 26 DE SETEMBRO DE 2019 16:35:27

O trabalho e a capacitação são ferramentas importantes para a ressocialização dos detentos no sistema prisional. Pensando nisso, o Secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson, reuniu-se, nesta quinta-feira (26), com a promotora de justiça do Ministério Público, Luana Azeredo, para discutir projetos voltados à oferta de cursos profissionalizantes para os reeducandos nas unidades penais do estado.



Segundo Carlos Edilson, a parceria com o Ministério Público do Estado do Piauí fortalece as ações de capacitação dos internos. “Apresentamos os projetos já existentes na Secretaria de Justiça e discutimos outras ações em parceria com o Ministério Público. Nossa meta é fazer com que o reeducando trabalhe nas unidades prisionais do Piauí”, afirma.

Luana Azeredo conta que os cursos profissionalizantes beneficiam não apenas os detentos, mas também a rotina dos agentes penitenciários. “O trabalho que vem sendo realizado pela Secretaria de Justiça é excelente e realmente tem como foco melhorar a qualidade de vida dos reeducandos e fortalecer o trabalho dos agentes. A conversa foi muito exitosa e o Secretário se colocou à disposição para dar agilidade aos projetos de capacitação no sistema penal do estado”, destaca.

De 2015 a 2019, mais de 1300 detentos realizaram cursos profissionalizantes nos estabelecimentos prisionais do Piauí, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e Programa de Capacitação e Implantação de Oficinas Permanentes (Procap).

Dentre os cursos ofertados estão: Horticultor Orgânico, Panificação e Confeitaria, Auxiliar de Cozinha, Microempreendedor Individual (MEI), Maquiador, Corte e Costura Industrial, Encanador Predial e Mecânica de Refrigeração e Climatização.