Dom, 08 de Dez de 2019

Prefeitura assina ordem de serviço para investimento de 26 milhões na segurança de Teresina

QUA, 13 DE NOVEMBRO DE 2019 16:19:56

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, assinou nesta quarta-feira (13) a ordem de serviço para estruturação física e compra de equipamentos do Centro de Comando e Controle Operacional (CCO), uma central tecnológica com o uso de câmeras inteligentes que vai permitir o combate a violência e gerenciamento do trânsito da capital. Ao todo serão investidos R$ 26 milhões e a previsão de entrega do CCO é para o primeiro bimestre de 2020.

“Essa central será de grande valor nos setores de segurança e mobilidade urbana, sendo voltada, inicialmente, para o transporte coletivo. Nosso propósito é melhorar a atuação das estações, corredores e terminais e trazer mais segurança para os teresinenses”, disse.

O CCO, que será gerenciado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), em um primeiro momento vai fazer o gerenciamento de 479 câmeras de alta definição.

“Hoje damos uma contribuição mais eficaz e efetiva para uma Teresina mais segura e menos violenta. Estamos adequando nossa cidade ao que há de mais moderno em política pública para a segurança. A ordem de serviço permite a aquisição de 479 câmeras com viés inicial focado no trânsito, mas que já deve receber um software da Polícia Rodoviária Federal que permitirá a análise de dados, reconhecimento facial, ou seja, toda a inteligência artificial necessária para coibirmos a violência”, afirmou Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

O Centro de Comando e Controle terá um sistema de visualização profissional, que permitirá o controle de semáforos, corredores, estações e terminais de ônibus. Será também construída e equipada uma sala de servidores (data center) para gravação dos arquivos, gerenciamento conexão e controle de todos os equipamentos.

“Essa central vai ser o centro nervoso da nossa cidade, fiscalizando Teresina 24 horas por dia. Teremos sistemas inteligentes para fiscalizar o trânsito e a segurança, integrando todas as forças públicas envolvidas no processo. O sistema vai realizar a contagem do fluxo de veículos o tempo inteiro, permitindo que um semáforo aumentar ou diminua o seu tempo de acordo com o fluxo medido”, afirmou José Falcão, diretor de Trânsito e Sistema Viário da instituição da Strans.