Dom, 17 de Jan de 2021
Esportes

Nascido no Congo, Metinho alimenta sonho de servir à Seleção

SEX, 13 DE NOVEMBRO DE 2020 15:49:37

Nascido no Congo e naturalizado brasileiro, o meio-campista Metinho Silu, de apenas 17 anos, foi chamado por Tite para completar os treinos da Seleção Brasileira. Mas a relação entre a família Silu e o futebol brasileiro começou bem antes de Metinho dar seus primeiros chutes em campos país afora.

Diante de um contexto de perseguições e intolerância, o pai de Metinho, seu Abel Silu, deixou a República Democrática do Congo em 2004. O jovem tinha apenas um ano de idade quando cruzou o Oceano Atlântico no colo do pai. Apaixonado pelo estilo de jogo brasileiro, Abel nutria o sonho de ver a família crescer no futebol verde e amarelo.



Deixando parentes no Congo, a família se instalou na comunidade de Cinco Bocas, em Brás de Pina, bairro do Rio de Janeiro. Apesar das dificuldades no início e da luta por um espaço em um país novo, os Silu perseveraram e construíram raízes fortes no Brasil.

"No começo foi muito difícil, passamos dificuldades por não saber falar a língua brasileira. Mas meu pai foi aprendendo muito. Como vim com um ano, aprendi também e agora estou em casa. Aqui é a minha casa e a relação com o Brasil é muito boa", disse Metinho.



"O Brasil realizou meu sonho e do meu pai"



Com passagem pelas categorias de base do Madureira, Metinho se encontrou mesmo quando foi chamado pelo Fluminense. Em Xerém, ganhou espaço, notoriedade e foi se tornando uma das grandes promessas de um tradicional centro de futebol do país. Foi através do clube, aliás, que o meio-campista descobriu que teria a oportunidade de treinar com a Seleção Brasileira.

"Eu estava dormindo, acordei 8h30 e estava uma mensagem do Fluminense falando do período de treinos, com o meu nome e do Luiz Henrique (para a Seleção). Não acreditei que era verdade, fiquei muito feliz. Na hora, falei para o meu pai e ele também comemorou muito. É um sonho. Os jogadores com os quais eu jogava no videogame estão aqui. Estou realizando meu sonho e o sonho do meu pai."

Mesmo sendo um menino de muito talento, Metinho ainda não foi chamado para as categorias de base da Seleção Brasileira. Mas, além do sonho que nutre, estar em um campo de futebol, à serviço do Brasil, um país que lhe acolheu tão bem, é motivo de orgulho para ele.

"Só me sinto muito feliz por estar aqui na Seleção Brasileira. O Brasil me proporcionou muita coisa, sou muito grato. O Brasil realizou meu sonho e do meu pai, que sempre foi batalhador. Se não fosse meu pai ter visto o futebol daqui, sendo fã de Ronaldinho e outros jogadores, sempre sonhando de vir ao país comigo, eu não estaria aqui", revelou.

Fonte: CBF

Últimas Ver Todas