Sex, 20 de Out de 2017
Entretenimento

Festival da Cajuína reúne produtores na capital durante três dias

QUI, 24 DE AGOSTO DE 2017 10:57:24

A Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi) promove, a partir desta quinta-feira (24), com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), o Festival da Cajuína, que chega a sua quinta edição, reunindo produtores de todo o Estado e promovendo a bebida genuinamente piauiense.

A programação do evento inclui palestras, cursos e oficinas realizados com apoio de órgãos e instituições como Sebrae, Senac e Emater. Entre os temas abordando estão: cajuína sem gelatina, produção de licor, delícias do caju e produção de mudas. Na parte cultural, estão confirmadas atrações de música e dança, além da segunda edição do concurso “Garota Cajuína”. A abertura do evento acontece às 19h, no Riverside Shopping, com show do humorista Amaury Jucá.

“O Festival da Cajuína é uma fonte de divulgação do nosso produto e uma forma de mostrar para as pessoas a qualidade desse produto. A produção de cajuína aumentou muito depois do primeiro festival, em 2009, e, de lá para cá, vem crescendo em torno de 20%. O festival também traz o produtor para se capacitar, assistir palestras, realmente melhorar cada vez mais a qualidade dos produtos”, define Lenildo Lima, presidente da Cajuespi e da Câmara Setorial da Cajucultura.



O secretário Estadual do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, disse que o evento destaca o sucesso no trabalho realizado pela câmara setorial, dos órgãos e empresas privadas envolvidos neste evento e em outras ações, com objetivo principal de impulsionar a produção de caju no estado. Ele recorda que houve perdas e diminuição da área plantada por causa da estiagem nos últimos anos. “O festival é muito importante para impulsionar a produção de caju e divulgar ainda mais um produto já conhecido Brasil afora, genuinamente piauiense e saboroso. Destaco também o trabalho da câmara setorial de cajucultura do Piauí, que faz o diferencial na 5° edição do evento, oferecendo conhecimento e novas técnicas, cultura e lazer para quem participar do festival nestes três dias de evento”, destacou o gestor.

Entre as novidades do Festival da Cajuína em 2017, está a presença de caravanas dos municípios de Altos, José de Freitas, Manoel Emídio, Monsenhor Gil, São Pedro, Uruçuí e Valença, em um total de quase cem trabalhadores que participarão das atividades.

A participação das caravanas no Festival só foi possível graças ao apoio do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater), junto com a Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol) e outros parceiros.

O 5º Festival da Cajuína acontece no Riverside Shopping em Teresina, com apoio do Governo do Estado, SDR, Sebrae, Emater, SESC, SESI, Senai e Unisol.

Cajuína em números
A Cajuína possui Certificação de Indicação Geográfica (INPI) e Registro da Produção Tradicional e Práticas Socioculturais Associadas à Cajuína do Piauí (IPHAN).

Hoje o Piauí tem cerca de 2.700 agricultores familiares e 120 mini-fábricas de 33 cidades, registradas na Cajuespi - Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí.

Em 2016 a produção de Cajuína do Piauí foi estimada em 5 milhões de garrafas.

Programação 5º Festival da Cajuína

24/08
10h às 14h – Oficinas interativas de Licor de Caju e de Receitas de Caju

15h – Oficinas interativas de Produção de Mudas de Caju e de Culinária do Caju e Palestra Programa Piauí Empreendedor – BB-BNB-SDR

16h – Palestra “Perspectivas da Cajucultura”, com Wagner Juca, e “Normatização para os produtos do Caju (Pasteurização)”, com Adriana Barreto (Ministério da Agricultura)

17h – Oficina interativa Delícias do Caju

18h – Oficina interativa de Doce de Caju / Apresentação artística de Gonzaga para Todos e da Banda de Música PM/PI

19h- Abertura Oficial

20h – Show Amauri Jucá

25/08
10h – Oficinas interativas de Produção de Cajuína, Culinária do Caju e Produção de Mudas do Caju / Palestra “Cooperativismo e Empreendimento Solidário”, com Leonardo Pinho -Presidente Unisol / BRA

14h – Oficina de Receitas de Caju

15h – Palestra “A Cajuína sem Gelatina”, com Fernando Abreu (Embrapa/CNPAT/Sebrae) / Oficinas interativas de Produção de Mudas de Caju e Doce de Caju

16h – Painel “Muda de Caju: Inovação ou Tradição?", com Paulo Roberto e Luís Eduardo, e palestra “Legalização da Produção de Mudas de Caju”, com Alonso da Mota Lamas (Ministério da Agricultura)

17h – Atrações artísticas: Grupo de Flauta Música p/Todos

18h- Banda de Música do IFPI

19h – Oficina interativa de Produção de Cajuína

20h – Atrações culturais

26/08
10h – Oficinas Interativas de Produção de Cajuína, Produção de Mudas de Caju e Culinária do Caju

15h – Oficinas Interativas de Doce de Caju

16h – Palestra Senac: “Gestão Empresarial para pequenos produtores”

17h – Atração artística: Orquestra Sanfônica - Música para Todos

19h – Concurso Garota Cajuína e sorteio de kit de irrigação para produtores de caju e escolha da melhor cajuína

20h – Encerramento.

Fonte: Lícia Assunção
Autoria: Edna Maciel

Últimas Ver Todas